Corrida de Orientação

A Corrida de Orientação, ou simplesmente ORIENTAÇÃO é uma moderna modalidade desportiva que usa a própria natureza como campo de jogo. É um desporto em que o praticante tem que passar por pontos de controle (PCs) marcados no terreno, no menor tempo possível, com o auxilio de um mapa e de uma bússola.

Cada praticante escolhe o seu ritmo em função dos desafios que determinou. O mapa de orientação é um mapa topográfico detalhado, onde é traçado o percurso que o atleta tem que percorrer e são locados precisamente todos os detalhes da vegetação, relevo, hidrografia, rochas e construções feitas pelo homem etc.

A característica própria do desporto Orientação é escolher e seguir a melhor rota por um terreno desconhecido contra o relógio. Isto exige habilidades tais como: leitura precisa do mapa, avaliação e escolha da rota, uso da bússola, concentração sob tensão, tomada de decisão rápida, corrida em terreno natural variado, manutenção do controle da distância percorrida etc.

Cruzando campos, córregos e matas, o praticante sente-se parte integrante do espaço que percorre. A velocidade de movimento tem que ser acompanhada pela velocidade de raciocínio para ler o mapa e interpretar a sua relação com o terreno, ponderar sobre as várias opções de itinerário e decidir!

1. Orientação Pedestre: é uma modalidade de resistência, em que o competidor utiliza um mapa e uma bússola durante o seu deslocamento a pé.
2. Orientação em Bicicleta (MTB-O): nesta modalidade, utilizando o mapa e a bússola, o competidor faz seus deslocamentos com uma bicicleta.
3. Orientação em Ski: é uma modalidade de inverno, onde utilizando o mapa e a bússola, o competidor desloca-se com esquis para neve.
4. Trail Orienteering (Orientação para portadores de necessidades especiais motoras): é uma modalidade voltada para os portadores de necessidades especiais e baseia-se na interpretação precisa do mapa.

Fechar